“A Diplomata é uma moça fina, que toma chá na sua varanda, ao som dos pássaros.” Mas como não nasci em berço inglês e o meu som é a Zabumba, meu café é forte e sem açúcar. Com isso, estão todos convidados a tomar uma boa xícara de café em uma longa conversa com, A Diplomata.

Minhas Redes Sociais: http://www.meadiciona.com/jessicarutherford

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Rapidinhas do Cabaré de 5º

Papo de Bellas Mafiosas

Impedido pela Igreja de celebrar em SE 
  

Impedido no Cabaré

Sugerida a possibilidade de submeter um religioso à sabatina do NósnoCabaré.comConvidados, Valmor Barbosa saiu-se com essa: "Depois de ter realizado o casamento do Sukita e ficar impedimento por 5 anos de ministrar atos religiosos em Sergipe,
melhor chamar o Pe. Antônio Maria!". Ele impedido e nós excumungados. Então, tá! 


Direto do TCE

Reinaldo Moura deixa o Tribunal de Contas do Estado de Sergipe, no próximo dia 02 de dezembro, e vaí direto para o Cabaré de 5ª. É isso mesmo! O presidente do TCE/SE será  sabatinado no NósnoCabaré.comConvidados na próxima 5ª feira. Ufa!


Valmor 2012

No auge da sabatina no Cabaré de 5ª , Valmor Barbosa foi lançado pré-candidato à Prefeitura Municipal de Aracaju, em 2012, pelo servidor da SEED, Eduardo Lins, o Dudu! A galera foi ao êxtase!
 

CMA: Tribuna Livre destaca os direitos das mulheres que atuam na Segurança Pública

A Associação Integrada de Mulheres de Segurança Pública em Sergipe (ASIMUSEP-SE) teve espaço garantido na Tribuna Livre requerida pelo vereador Moritos Matos (PDT) nesta segunda-feira, 29. A luta pela defesa dos direitos e adaptação dos espaços para as mulheres que atuam na Defesa Pública no Estado de Sergipe foi o tema tratado por aquelas que integram a referida associação.
Criada em 4 de setembro do presente ano, a ASIMUSEP-SE tem o propósito de reduzir as disparidades encontradas por estas mulheres nas corporações onde elas atuam. Esteve presente à esta Tribuna Livre a vice-presidente da associação, Juciene Pache; as conselheiras fiscais da ASIMUSEP-SE, as doutoras Georlize Oliveira Costa e Elisângela Bonifácio; Maria Egna, que também faz parte da cúpula da ASIMUSEP-SE; e a Relações Públicas da Polícia Militar, Patrícia Rodrigues.
 
Abrindo as participações na Tribuna, a Relações Públicas da PM, destacou os avanços já alcançados pela categoria feminina no âmbito da Defesa Pública, à exemplo da obtenção dos coletes anti-balísticos adequados ao corpo feminino e a presença da força feminina na batalha contra o crime travada no Rio de Janeiro, mas reforçou que ainda há muito a se conquistar.
 
"Somos bravas defensoras do patrimônio e da segurança em nosso Estado, mas ainda sofremos com a falta de estrutura nos postos de serviços onde trabalhamos. Precisamos contar com uma estrutura que se adapte e compreenda as necessidades e especificidades da mulher: faltam banheiros e vestiários femininos. Muitas vezes somos obrigadas a compartilhar dos mesmos banheiros e vestiários que os homens", pontuou Patrícia em um dos momentos de seu discurso.
 
A Drª. Georlize Oliveira Costa evidenciou que a ASIMUSEP-SE é um espaço de luta que visa garantir que a mulher que trabalha na Segurança Pública de Sergipe possa ser vista em suas especificidades. "Não queremos promover uma competição com a categoria masculina, mas buscar a igualdade de condições de trabalho entre homens e mulheres. Queremos planejamento logístico operacional de modo que se perceba a necessidades especiais d as mulheres que tem uma atuação recente nas forças de defesa pública", disse.
 
O vereador Matos lembrou a questão dos assédios moral e sexual que as mulheres das polícias militar e civil acabam sofrendo dentro das corporações, "Acredito que esse seja um problema constante que vocês são obrigadas a lidar. Parabenizo-as pela luta para assegurar o seus espaços muita vezes tomados pelo machismo", ressaltou.
 
Os parlamentares Magal da Pastoral (PT), Jailton Santana (PSC), Rosângela Vieira (PT), Simone Góis (PT) e Josenito Vitale(DEM)  também fizeram uso da palavra parabenizando a iniciativa na construção da associação que defende as mulheres da Segurança Pública deste Estado e manifestando ainda o reconhecimento do papel da mulher em todos os segmentos profissionais na sociedade atual.

CMA: Dr. Emerson participa da abertura da I Oficina do Consenso Interfederativo de Saúde 2011

O vereador e médico Emerson Ferreira (PT) participou na manhã desta segunda-feira, 29/11, no Hotel Mercury da abertura da I Oficina do Consenso Interfederativo de Saúde 2011. O evento segue até a próxima quarta-feira, 01/12, tendo como realizadores a Secretária de Estado da Saúde (SES) e o Conselho de Secretários de Saúde (Cosems/SE).
Além de gestores do Estado e dos 75 municípios sergipanos, participam da oficina suas respectivas equipes técnicas, representantes do Ministério da Saúde e consultores do Consórcio Hospitalar da Catalunha (CHC). Estão entre os objetivos do evento, a discussão do modelo global do SUS Sergipe e a construção do modelo de governabilidade que permita que o SUS possa definir a Rede Interfederativa de Saúde (RIS), bem como o debate das políticas dessa rede.
Ao se pronunciar, Dr. Emerson parabenizou a Secretária da Saúde do Estado de SE, Mônica Sampaio, pela realização do evento, pois para ele, esses encontros só fazem fortalecer a categoria da saúde. "Tenho um respeito profundo a quem dedica parte do seu tempo às categorias profissionais", opinou.
 
  Segundo o vereador é necessário a unificação do Samu. “Em vários estados já existe a regulação centralizada. Só assim o gerenciamento do sistema será eficaz e racional”, avaliou. Para o vereador, a unificação também deve abranger a Polícia Militar e os Bombeiros, e vai gerar melhorias na prestação do serviço.
Dr. Emerson também abordou sobre o problema de falta de médicos nas unidades de saúde, pois se deve não à escassez dos profissionais, mas à inexistência de um plano de encargos e salários para o sistema de saúde, atrelado a uma renumeração que atraia estes profissionais. Do mesmo modo, é também a renumeração aviltante o principal motivo para o descredenciamento crescente dos colegas da saúde suplementar, concluiu.
Participaram dos debates Emerson Ferreira (Vereador e Médico), Sílvio Santos (Vice-Prefeito e Secretário Municipal da Saúde), Mônica Sampaio (Secretária de Saúde do Estado de SE), Joelina Santos (Ministério da Saúde de SE), Saulo Eloy (Representado os Secretários de Saúde de SE), Hebert Motta (Secretário de Saúde do Estado de Alagoas), Vera Lúcia (Conselho Estadual de Saúde de SE) e Luís Segu (Conselho Hospitalar da Catalunha).

CMA: Tribuna Livre debate situação da SMS de Aracaju

A Tribuna Livre desta segunda. 29/11, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA) foi ocupada pela representante dos servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju, Karla Cristina Coutinho Martorelli Perez. Na ocasião, foi apresentada uma pauta de reivindicações da categoria. Entre os temas, assédio moral, regularização, abuso diretivo de poder do empregador, falta da segurança nas unidades de saúde e hospitais e jornada de trabalho. "É de extrema importância a abertura desse espaço junto aos nossos vereadores, autoridades eleitas pelo povo, que tem por obrigação legislar em causas que beneficie os munícipios de Aracaju", disse Karla.

"A realidade da saúde pública em Aracaju", foi o tema principal da explanação de Karla Cristina, que apresentou através de slides, uma visão dos profissionais envolvidos na prestação dos serviço de atendimento em saúde, como o técnico em enfermagem, laboratório, ambulâncias e servidores do nível médio em geral. "Quero aqui apresentar o principal tópico que é o assédio moral, que no setor público é o que plorifera. Esse assédio moral é todo o comportamento abusivo que ameaça, por sua repetição, a integridade física ou psíquica de uma pessoa. É preciso barrar o abuso de poder dos superiores hierárquicos, e um dispositivo legal contribuirá para prevenir o assédio moral no mundo do trabalho, aí incluindo-se a administração pública", esclareceu Cristina.

Segundo Karla, é importante que o poder público reconheça a importância do tema diante das consequências e danos à saúde da vítima, propiciando não somente medidas legais específicas, mas também atendimento interdisciplinar em que os profissionais sejam preparados para ouvir e compreender a vítima, evitando a medicalização 'psiquiatrização do problema social'.
"O servidor público municipal da saúde tem se deparado constantemente com o abuso de poder oriundo da administração pública, de gestores indicados politicamente, que se julgam estar acima do bem e do mal, ocasionando danos morais, físicos e mentais àqueles efetivamente contratados pelo Poder Público que devem ser apreciados como patrimônio do povo, já que, em sua maioria, ingressam nas carreiras públicas e permanecem até sua aposentadoria, trazendo consigo, experiência, além de autonomia e independência para atuar em nome da sociedade, diferentemente daqueles que ocupam cargos públicos comissionados, terceirizações e que dependem do posicionamento político partidário do momento", declarou Karla.

Após fazer um breve relato sobre os demais tópicos, Karla finalizou sua explanação agradecendo a atenção dos vereadores. "Agradeço aqui em especial a Jailton Santana e Gilmar Carvalho, dois cidadãos que abraçaram a nossa causa em nome do povo sergipano. Mais uma vez peço o apoio de todos vocês para que intervenham junto ao prefeito de Aracaju, por estes servidores".

Ainda durante a sessão, o auxiliar de enfermagem Antônio Augusto Santos declarou que está sendo indiciado a responder um inquérito administrativo por recusar a fazer procedimentos errados, no desempenho da sua função no Hospital Nestor Piva, zona Norte da capital. "Eu não apliquei a medicação porque não havia a agulha para a aplicação. Eles queriam que eu aplicasse de qualquer forma", disse Antônio, que ainda exibiu um vídeo demonstrando a situação das precárias instalações do Hospital de Urgência Nestor Piva.
 Os veradores Jailton Santrana (PSC), Juvêncio Oliveira (DEM) e Nitinho (DEM), parabenizaram a representante dos servidores da SMS de Aracaju, pela luta em defesa dos direitos desses servidores.

CMA: Sigma pede a realização de concurso público


A Tribuna Livre da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) desta segunda-feira, 29/11, foi ocupada pelo Sindicato dos Guardas Municipais de Aracaju (Sigma). O presidente do Sigma, Ney Lúcio dos Santos ocupou o espaço da Casa para falar sobre questões que envolvem os guardas municipais e também sobre os atuais problemas enfrentados pela categoria.

Segundo o representante dos guardas municipais, a intenção de participar da Tribuna Livre foi de agradecer ao prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) pela recente busca de recursos para contemplar a categoria e destacar ainda algumas dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores. "Ficamos felizes com os investimentos na ordem de R$ 2,6 milhões. Mas ainda é pouco para a nossa reestrutução, isso é apenas o começo. Nosso quadro está reduzido, e por isso queremos participar da comissão de elaboração de concurso público para a área que, no momento, está precisando de mais homens para dar conta das necessidades", reforçou. Ney Lúcio falou ainda da falta de estrutura e material para o trabalho diário.

Além disso, o presidente do Sigma disse que vem acompanhando a violência no estado do Rio de Janeiro e teme que algo parecido ocorra em Sergipe, já que há indícios da criminalidade. "Para comabter a violência é necessário reunir diversas forças", afirmou. Ney Lúcio ressaltou ainda que a Guarda Municipal poderia "desafogar" o trabalho da Polícia Militar (PM) com relação à fiscalização em parques ecológicos, problemas em restaurantes e bares, bem como ajudar o Corpo de Bombeiros na redução e prevenção de afogamentos.Outra reivindicação do sindicato, é uma reunião com a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) para tratar das questões salariais. "Nós queremos inserir a guarda municipal nesse contexto, além de desempenhar nossas funções de forma harmônica", frisou.
Em aparte, o vereador Jailton Santana (PSC) afirmou que há um descompromisso da PMA com relação as questões da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) e Guarda Municipal. "Pelo que eu observei na proposta do orçamento de 2011, não há a verba necessária para comtemplar a SMTT, por exemplo, o que não atendeu as nossas expectativas, pois esperávamos mais. Já houve avanços mais ainda falta muito", analisou. O vereador Magal da Pastoral (PT) parabenizou o presidente do sindicato pela preocupação em manter uma boa estrutura, qualidade e valorização profissional.

sábado, 27 de novembro de 2010

#NósNoCabaré: Valmor Barbosa nega calote e diz que governo tem a marca da não inadimplência

Tema amplamente debatido com o secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa, na 4ª edição do NósnoCabaré.comConvidados, a Zona de Expansão de Aracaju será pauta de uma nova matéria no www.bellamafia.org  nos próximos dias. Aguardem!


"Um mal entendido". Essa foi a explicação de Valmor Barbosa, secretário de Estado da Infraestrutura, para os propagadados "60 dias de calmaria na CEHOP para bloqueio dos pagamentos às pequenas e médias empresas da construção civil que prestam serviços ao Governo de Sergipe". Ele afiançou não haver paralisação de obras, diz que o suposto mal entendido foi desfeito, alguns pagamentos já foram encaminhados e que a grita do empresariado foi acalmada, desde a semana passada, durante reunião entre a direção da CEHOP e a direção da Associação Sergipana de Empresas de Obras Públicas e Privadas.

Convidado para sabatina da 4º edição do NósnoCabaré.comConvidados, Valmor Barbosa surpreendeu os jornalistas alegando "ainda hoje desconhecer de quem partiu a ordem para bloquear o recebimento dos protocolos, medições e notas fiscais. Por exemplo, na DESO e no DER não aconteceu essa informação desconectada para filtrar os protocolos", reafirmou Barbosa, mantendo o otimismo no que classificou como invetimentos do Governo do Estado na área de infraestrutura. "Atualmente, o governo executa 14 obras simultâneas e, desde 2007, já investiu em torno de 400 milhões em infraestrutura",ressaltou.

Paralisação

O secretário explica que a suspensão de pagamentos ao final do exercício financeiro é um procedimento recorrente no serviço público. "A secretaria de Infraestrutura não tem arrecadação própria. Depende da liberação de recursos financeiros da Secretaria de Estado da Fazenda e para isso precisa aguardar atingir o superávit primário, conforme diretrizes do PAF - Programa de Ajuste Fiscal.  É normal que em todo final de ano, haja uma desaceleração para o fechamento das contas sem que haja um desenquadramento à LRF - Lei de Responsabilidade Fiscal. Por isso, temos a necessidade de, com responsabilidade, aguardar um pouco. É preciso ter um pouco de paciência".

Dizendo não pretender fazer comparativo entre governos, o secretário afirmou que "a gestão Marcelo Déda tem a marca da não inadimplência" e exemplificou que, em 2006, de R$ 128 milhões empenhados, o Governo do Estado deixou paralisadas cerca R$ 70 milhões em obras", defendeu-se.

Balneário Bica

Questionado por Júnior Ribeiro, vice-prefeito de Lagarto, sobre uma suposta ausência de licenças ambientais, questionadas pelo Ministério Público Estadual, que teriam paralisado à reforma do Balneário Bica, Valmor Barbosa contesta a informação e tranquiliza o vice-prefeito, informando-o de que ainda na próxima terça-feira, 30 de novembro, participará de uma reunião no MP, com o promotor Antônio César, para reapresentação do projeto e  toda a documentação exigida para o início da obra. "Nenhuma obra proveniente de convênio com o Governo Federal pode sequer assinar contrato sem que possua todas as certidões".

Promessas

Sobre o não cumprimento da promessa de campanha de Marcelo Déda, feitas nas eleições de 2006, para a construção da estrada de General Maynard, Valmor explicou se tratar de obra proveniente de convênio entre o Governo Federal, a Petrobrás, a prefeitura local e o Governo do Estado, que sofreu atraso em decorrência da desistência da empresa licitante, impondo a abertura de um novo processo licitatório.

Valmor Barbosa se esforça para convencer de que não existe inoperância na pasta. "Atualmente, o governo trabalha com 14 obras simultâneas. Desde 2007, realizou 2 mil desapropriações, importando em cerca de R$ 12  milhões. O processo de desapropriação não é fácil, nem rápido. Muitas vezes, precisamos convencer o proprietário de que o valor da desapropriação segue modelos matemáticos e não temos vistos indenizados na imprensa reclamando os valores negociados", disse.


Barra dos Coqueiros

Para Barra dos Coqueiros, Valmor Barbosa informou que o Governo do Estado mantém cerca de R$ 3 milhões em obras. Ele garantiu a continuidade da obra da orla da Atalaia Nova, com previsão de duas praças de eventos, localizadas próximo ao farol, e obras de esgotamento sanitário do Marivan e Orinos.

Sobre a estrada BR-101/Porto, Valmor explicou se tratar de tráfego pesado, obra proveniente de convênio com a Petrobrás, que aguarda autorização da SEFAZ para abertura de empenho e assinatura do contrato, no valor estimado de R$ 14 milhões, para emissão da ordem de serviços.

O secretário faz previsões menos animadoras para a estrada Barra/Pirambu. "Não se tem recurso para fazer tudo que é necessário, simultaneamente. Nossa previsão é de fazer um processo de rejuvenecimento asfáltico porque essa estrada ainda tem uma sobrevida de 2, 3 ou 4 anos", revela, informando que "desde 2007, o Governo do Estado inverteu a lógica que encontrou de 62% das estradas em condição deplorável e 9% em situação transitável".

Pressionado, o secretário confirma não haver previsão para implantação do acostamento na rodovia Barra/Pirambu. "Não se faz obra se não se tem recurso".

2ª feira de Glória

Para o município de Nossa Senhora da Glória, a informação do secretário é alvissareira. "Estaremos concluíndo na próxima segunda-feira, 29 de novembro, a pavimentação asfáltica da estrada que liga Glória à Carira, incluíndo a ponte sobre o Rio Sergipe.

Água

Valmor Barbosa aposta nas obras de duplicação da adultora do São Francisco e conclusão da Barragem do Rio Poxim para amenizar os problemas do abastecimento de água em Aracaju e Nossa Senhora do Socorro. A adultora do São Francisco é, sozinha, responsável por 60% do abastecimento da grande Aracaju e complementada pela Cabrita e a Ibura. Ele estimou investimentos de R$ 30 milhões em recursos financeiros na Barragem do Rio Poxim.


PAC em Aracaju

"Esse modelo de responsabilidade compartilhada é ruim para o andamento das obras. Perdemos tempo!", reconheceu o secretário, ao ser questionado pelos sucessivos atrasos nas obras do PAC - Programa de Aceleração do Crescimento, no Coqueiral e Santa Maria, bairros periféricos de Aracaju.

O secretário garantiu a continuidade das obras, informando ser de responsabilidade da Prefeitura Municipal de Aracaju, a pavimentação asfáltica, além da construção de 600 casas Coqueiral e mil casas no Santa Maria. Conforme Barbosa, a incubência do Governo do Estado se limitou à execução da drenagem e esgotamento sanitário das áreas.

Segundo Valmor, no Santa Maria, de um total de 100 ruas, a PMA executou pavimentação de 14, com implantação dos sistemas de água, já com esgotamento sanitário e drenagem. Ainda sobre o Santa Maria, ele se comprometeu a realizar uma averiguação, ainda nesta sexta-feira (26), sobre a informação de que o sistema de abastecimento de água não contempla o Alto da Bela Vista. No Coqueiral, ele garante que já foram pavimentadas 25 ruas e construídas 280 casas.

17 de março

O secretário comemorou o fato do bairro 17 de março ter sido implantado, seguindo as exigências de infraestrutura necessárias ao local, como esgotamento sanitário, drenagem, pavimentação, construção de mil casas já com a ligação de água e esgoto, além de arruamentos duplos e largos. 

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

CMA: Fábio criticou atitude da Polícia Militar contra mototaxistas

O vereador Fábio Mitidieri (PDT) lamentou a forma como os policiais abordaram os mototaxistas durante a manifestação da categoria na rua Santo Amaro, no último dia  22. O pronunciamento aconteceu durante a sessão desta quarta-feira, 24/11, no plenário da Câmara Municipal de Aracaju (CMA). "Balas de borracha e bomba de efeito moral. Não é possível permitir isso, visto que esse agrupamento já incentivou manifestações", falou Fábio.
Segundo o vereador, os mototaxistas estavam reivindicando um direito deles, portanto,  não havia a necessidade de tamanha violência. "O prefeito e  esta Casa negaram o direito a regulamentação dessa classe e agora querem também impedir que esses trabalhadores se manifestem democraticamente", disse Fábio.

"No Brasil já são oito capitais e mais de três mil municípios que já regulamentaram essa categoria. Precisamos deixar registrado que a população de Aracaju já aprovou esses serviços. Espero que no próximo ano esta Casa possa cumprir o seu papel junto com o Executivo de Aracaju, regulamentando esse serviço que na prática já existe", declarou Fábio.

CMA: Dr. Emerson fala sobre suas indicações à administração pública municipal que foram atendidas

Em pronunciamento na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), nesta quarta-feira 24/11, o vereador Dr. Emerson (PT) falou sobre as suas indicações à administração pública municipal que foram atendidas.


Segundo parlamentar, uma das indicações foi a colocação de placas indicativas dos nomes das praças e vias públicas do conjunto residencial Inácio Barbosa. A grande maioria das ruas já estão devidamente sinalizada.
A recuperação de algumas “bocas de lobo” e a operação “tapa buraco” também foi outra indicação atendida.
Finalizando a sua fala, Dr. Emerson agradeceu: “estou prestando contas à comunidade e agradecendo aos gestores pelas reivindicações atendidas”.

CMA: Bertulino destacou o projeto Ficha Limpa

O vereador Bertulino Menezes (PSB) falou sobre o projeto Ficha limpa, de sua autoria, que estará na pauta de votação nesta quinta, 25. O discurso aconteceu durante o pequeno expediente da sessão desta quarta-feira, 24/11, no plenário da Câmara Municipal de Aracaju (CMA). "Eu tenho certeza que todos os meus colegas parlamentares irão votar a favor desse projeto, que tem o objetivo de moralizar o serviço público em Aracaju", disse.


O projeto dispõe sobre a proibição de pessoas condenadas por decisão judicial em exercer cargos públicos no âmbito do Poder Executivo e do Legislativo do Município de Aracaju. Segundo o parlamentar, o referido projeto tem como principal justificativa a Lei Complementar nº 135/2010, originária do projeto de lei denominado "Ficha Limpa", recentemente aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pelo presidente da República. "O projeto também foi estendido ao Legislativo, para que o exemplo comece na própria Casa", justificou o vereador.
Esse projeto foi tema de debate na Tribuna Livre, da última segunda-feira, 8/11, com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Sergipe (OAB/SE), Carlos Augusto Nascimento, sugerido pelo vereador Bertulino, para melhor explicação do conteúdo e aplicação da futura lei."Faço aqui mais uma vez um apelo a todos os meus colegas vereadores para a aprovação desse projeto. O nosso prefeito nos garantiu que assim que o projeto for aprovado por esta Casa, ele sancionará de imediato", afirmou Bertulino.

CMA: Ivaldo pede clínicas equipadas para dependentes químicos

O vereador Ivaldo José (PDT) fez um apelo à administração pública estadual para a disponibilidade de clínicas equipadas para o tratamento de usuários de drogas. O discurso aconteceu no plenário do Legislativo de Aracaju, durante a sessão desta quarta-feira, 24/11. "Precisamos dar condições para que essas pessoas dependentes de drogas, principalmente do crack ,e que queiram se livrar dessa dependência. para tanto é necessário oferecer o tratamento adequado", disse.


Segundo o parlamentar é preciso criar com urgência clínicas públicas de atendimento aos dependentes químicos."Iremos fazer uma indicação solicitando ao nosso governador que equipe, pelo menos cinco dessas clínicas que estão sendo construídas em todo estado, para acolher as pessoas nesse processo doloroso de libertação dessa terrível dependência", falou Ivaldo.

CMA: Emmanuel chama atenção para ocupação desordenada de áreas em Aracaju

O vereador Emmanuel Nascimento (PT) falou sobre a ocupação irregular de diversas áreas da capital sergipana. O discurso aconteceu na manhã desta quarta-feira, 24/11, no plenário da Câmara Municipal de Aracaju (CMA). "Sabemos que há um déficit muito grande de habitação em todo país, inclusive aqui em Aracaju, fazendo com que muitas pessoas ocupem determinadas áreas em nossa capital", frisou o parlamentar.
De acordo com Emmanuel, para evitar situações como esta, é preciso que seja feita uma fiscalização rigorosa dessas invasões. "Estamos errados quando não fiscalizamos essas áreas, deixando ocupações acontecerem de forma desordenada. Porém sou contra a forma como essas famílias são tratadas para deixaram essas localidades", disse.
Emmanuel destacou ainda que as pessoas ocupam determinadas regiões, são beneficiadas por obras públicas e depois a Justiça quer retirá-las de qualquer jeito. " A gente precisa sentar com essas pessoas e com muita sensibilidade analisar cada situação e não simplesmente deixar que as máquinas cheguem derrubando o que elas construíram com muito sacrifício. É preciso que a Prefeitura de Aracaju seja mais efetiva na fiscalização de ocupações irregulares", falou o parlamentar.
"Vou marcar uma reunião com o Patrimônio Público da União para, junto com os colegas vereadores, tentar encontrar uma forma de melhorar essa relação e resolver essa situação de forma mais pacífica e harmoniosa", afirmou Emmanuel.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Mototaxistas protestam para regulamentar a profissão na capital sergipana


   O projeto foi aprovado no Congresso Nacional, mas a regulamentação da lei, ficou para as Câmaras de Vereadores de cada municipio. Aqui em Aracaju, por duas vezes, o projeto entrou na pauta, mas foi rejeitado. Por causa disso, mais um protesto foi realizado na rua Santo Amaro, uma das principais ruas do centro da cidade, que foi interditada por 4 horas. Resultou deste conflito, o saldo de: quatro manifestantes, treze motos e um táxi, apreendidos pelos policiais.

O pelotão de choque da polícia militar foi chamando para desobstruir a via, bombas de efeito moral foram lançadas, alguns resistiram e foram atingidos por cacetete. Os policiais dispararam tiros de bala de borracha. No conflito, até mesmo pessoas que passavam no local do protesto, foram agredidas por policiais.


Revirando os arquivos da CMA, sobre a regulamentação dos mototaxistas (Out/Nov):

Fábio Mitidieri (PDT) afirmou que a população aracajuana aprova o serviço e reforçou que a regulamentação é necessária. "São muitos profissionais que estão sofrendo com essa situação. Estão tirando o direito deles trabalharem", afirmou. Fábio falou ainda que espera que as manifestações não sejam levadas para o lado da agressividade. 
"Esses profissionais na minha opinião estão sendo maltratados e humilhados pelo poder público"disse.


O vereador Fábio Mitidieri (PDT) descarta a possibilidade de manobra para protelar a votação do recurso e se diz confiante na sessão de amanhã. “Não votamos hoje por falta de apenas um vereador. Para ter votação, é necessário o quórum de 10, e hoje compareceram nove. Não acredito que tenha sido uma manobra. É preciso que votemos logo esse recurso, até porque há uma cobrança e enorme espera da categoria”, explica Fábio.


Por entender que a matéria já foi exaustivamente discutida, uma vez que centenas de municípios brasileiros que já regulamentaram este serviço, respaldados pela decisão do presidente Lula, que sancionou a lei que permite a regulamentação dos serviços de mototaxis, o vereador Dr. Emerson firmou posição favorável a regulamentação deste serviço na capital sergipana.


Todos nós sabemos que a atividade foi aprovada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas cabe a cada município legislar. Por entender que a matéria é de competência do Executivo mantenho o meu voto contra a tramitação do projeto. Quero frisar que não sou contra a regulamentação da profissão, apenas destaco que por ser permissão pública cabe ao executivo propor e regulamentar os mototaxistas e não a nós vereadores”, explicou o presidente da  Comissão de Justiça e Redação, Elber Batalha Filho (PSB).

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

#NósNoCabaré.ComConvidados: Valmor Barbosa abre Cabaré de 5ª


Valmor Barbosa não resistiu, cedeu ao convite dos jornalistas, e vai abrir o Cabaré de 5ª.  É isso mesmo! O secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor, é o convidado da 4ª edição do NósnoCabaré.comConvidados e será sabatinado por um batalhão de jornalistas, na próxima quinta-feira, 24 de novembro, a partir das 19h30, no bar Templo Gelado, localizado à avenida Joventina Alves, nº 195. Bairro Salgado Filho, próximo à Praça da Imprensa.

Obras paralisadas e "os 60 dias de calmaria"  para  bloqueio dos pagamentos às empreiteiras e prestadoras de serviços, contingenciamentos, entraves burocráticos,  licitações controversas,  a DESO e os investimentos do Governo do Estado no precário abastecimento de água em Sergipe. Todas as polêmicas vigentes serão desnudadas pelo secretário de Estado no cabaré de 5ª.

Já passaram e sobreviveram ao NósnoCabaré.comConvidados Cezar Britto (Conselheiro da OAB Nacional); João Bosco Franco (Ministério Público Estadual); Ricardo Mascarello (Urbanista - Unit); Sílvio Santos (Vice-prefeito de Aracaju e secretário municipal da Saúde).


Fonte: Bella Máfia 

CMA: Chico Buchinho defende reeleição de Emmanuel à presidência da CMA


O vereador licenciado, Chico Buchinho (PT), compareceu ao plenário da Câmara Muncipal de Aracaju (CMA), nesta segunda-feira, 22/11, para visitar os colegas parlamentares, sobretudo para dizer a Emmanuel Nascimento (PT) que irá apoiá-lo em sua reeleição a presidência do Legislativo Municipal.

Na opinião do parlamentar, através da gestão de Emmanuel a frente da presidência da CMA, o Legislativo Municipal teve mais visibilidade e tornou-se um espaço ainda mais democrático. "Nossa Mesa Diretora fez um bom trabalho, uma dos pontos que mais elogio é o acesso do povo a esta Casa. Todos os movimentos sociais tem sua voz e vez aqui", considerou.
Outro aspecto ressaltado por Chico Buchinho, diz respeito ao tratamento que é dado aos vereadores. "Emmanuel trata a todos que compõem este poder de maneira igualitária, seja da situação, seja da oposição. É pelo trabalho que tem desempenhado e o respeito a todos que acredito que ele deva ser reconduzido a presidência da Câmara", completou Buchinho.

CMA: Ivaldo elogia anúncio de Edvaldo sobre código de mobilidade


Um anúncio feito pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PCdo B), foi destacado pelo vereador Ivaldo José (PDT), na manhã desta segunda-feira, 22/11. Segundo o vereador, o líder do Poder Executivo próximo ano irá mandar para à Câmara Municipal de Aracaju (CMA) um projeto de lei que trata sobre o código de mobilidade da capital sergipana.

"Eu, que sempre falo sobre a importância da colocação de passarelas e corredores para os transportes, fiquei muito feliz com essa notícia de Edvaldo Nogueira", disse o parlamentar, ressaltando também que é imprescindível estimular iniciativas como essa para uma cidade que comporta um grande número de veículos nas ruas.
 
Por fim, Ivaldo José elogiou o trabalho desenvolvido pelo presidente da CMA, Emmanuel Nascimento (PT). "Quero parabenizar pelo gerencianento da Casa moderno e transparente, para qualificar ainda mais a estrutura física e humana da Câmara.

CMA: Dr. Emerson encaminha propostas dos moradores do bairro América

Durante a Tribuna Livre da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), ocupada na manhã desta segunda-feira, 22/11, pelo representante da Associação de Moradores do Bairro América (Amaba), o vereador Dr. Emerson expôs aos líderes comunitários e moradores, o encaminhamento de indicações de sua autoria, em benefício da referida comunidade.

Dr. Emerson relatou que solicitou a reinstalação do pardal que limita a velocidade em 60 km/h, no trecho da avenida Engenheiro José Vieira com a transversal Paraguassu. "Este serviço está incluído entre os que serão executados brevemente pela SMTT", informou o parlamentar.
Já a mureta da avenida Brasil, conforme explicou Dr. Emerson, requer autorização do Executivo Municipal, devido o valor ultrapassar a capacidade orçamentária da Empresa Municipal de Urbanização (Emurb). "Mas já conversei com o prefeito Edvaldo Nogueira sobre o assunto", finalizou.

CMA: Dr. Emerson fala sobre reeleição da CMA e defende votação nominal


O vereador Dr. Emerson (PT), ao se pronunciar na manhã desta segunda-feira, 22/11, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), defendeu que a presidência da Casa só deverá ser exercida por um mesmo parlamentar em apenas três mandatos. "Nesses mandatos, apenas dois podem ser consecutivos, ou seja, o vereador terá direito a apenas uma reeleição", explicou. 

Durante o uso da tribuna, Dr. Emerson falou ainda sobre votação das proposituras que tramitam na CMA. "Entendo que, em nome da transparência e do exercício do poder colocado à disposição da população, todas as votações devem ser em aberto, ou seja, com a identificação do vereador e do seu voto", finalizou.

CMA: Valdir alerta para acidentes de trânsito


O vereador Valdir Santos (PTdoB) falou na sessão da Câmara Municipal de Aracaju desta segunda-feira, 22/11, sobre os altos números de acidentes de trânsito na cidade de  Aracaju. Segundo o parlamentar, são as motocicletas, bicicletas e motonetas que mais se envolvem em acidentes com vítimas fatais. "Para piorar a situação tem gente alterando a capacidade da velocidade das Shinerays, andando igual a motos", ressaltou.
 
Valdir disse que as campanhas educativas da Superintendência Muncipal de Transporte e Trânsito (SMTT) precisam ser contínuas para evitar acidentes diários. "As pessoas precisam se concientizar do transporte que estam conduzindo", opinou. 
 
De acordo com Valdir, somente nesse fim de semana foram seis acidentes no trânsito da capital sergipana. "Quando as pessoas não morrem acabam ficando paraplégicas e fazer cirurgia para reparar os danos é uma dificuldade muito grande", disse.

CMA: Fábio dá sua opinião sobre reeleição


A proposta anunciada pelo vereador e candidato a presidência da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), Robson Viana (PT), de proibir a reeleição à presidência da Casa foi lembrada pelo vereador Fábio Mitidieri (PDT) na manhã desta segunda-feira, 22/11. "Nos últimos dias vem se falando muito dessa proposta, então, hoje venho tecer alguns comentários sobre o assunto", disse.
 
De acordo com Fábio, sua posição é contra em termos de proibição total da reeleição, pois considera que um presidente ser eleito até duas vezes é benéfica. "Estão falando que isso irá prejudicar Emmanuel Nascimento, mas não irá, pois se for aprovado irá valer só no próximo mandado, do ano que vem", afirmou.
 
O vereador sugeriu ainda que os votos à mesa sejam declarados, contrariando as regras da Lei Orgânica do município. Por conta disso, Fábio disse que irá fazer um requerimento para ser votado em caráter de urgência. "Tudo que acontece na Casa é feito de forma transparente e tudo que é feito dessa maneira é bem-vindo", ressaltou.

CMA: Jony convida aracajuanos para participar de um culto na sexta


O vereador Jony Marcos (PRB) ocupou a tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) nesta segunda-feira, 22/11, para convidar a todos da capital sergipana para participar de um culto na Casa da Benção na próxima sexta, 26. Segundo Jony, quem irá conduzir o culto será o missionário Doriel de Oliveira que virá de Brasília.
 
"É uma alegria receber um fundador de uma instituição tão importante como essa. Então, todos estão convidados para participar do culto na sede estadual da Igreja na rua Rio Grande do Sul, 457, às 19 horas", reforçou.
 
O parlamentar parabenizou ainda o presidente da Casa, Emmanuel Nascimento (PT) pelo trabalho que  vem realizando no parlamento municipal. Destacou também a entrega de título ao professor, Valter Souza no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). "Quero parabenizar pela organização e pela possibilidade de realização de uma sessão itinerante", elogiou.

CMA: Robson esclarece que não é contra a reeleição Emmanuel


O vereador Robson Viana (PT) esclarece que não é contra a reeleição de Emmanuel Nascimento (PT). O discurso aconteceu durante o pequeno expediente desta segunda-feira, 22/11, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA). "O projeto que propus não irá prejudicar a candidatura do vereador Emmanuel este ano", disse.

Robson explicou que, apesar de propor o fim da reeleição, não tem a intenção de vetar a candidatura de Emmanuel. "O que foi divulgado pela imprensa não é verdade e não tem nenhum fundamento. Até porque eu não tenho nenhum respaldo para impedir a reeleição do companheiro Emmmanuel", justificou o vereador.
Ainda em sua fala, o vereador justificou sua ausência na próxima quarta e quinta-feira , 24 e 25/11. "Irei à Brasília acompanhar algumas emendas que destinam recursos para obras em Aracaju", falou Robson.

CMA: Magal parabeniza músicos e leigos da Igreja


O vereador Magal da Pastoral (PT) parabenizou aos músicos sergipanos pelo seu dia, celebrado nesta segunda, 22/11. A fala aconteceu durante o pequeno expediente na Câmara Municipal de Aracaju (CMA). "Hoje, a Igreja Católica celebra o dia de Santa Cecília, padroeira dos músicos, por isso, faço esta homenagem a essa categoria tão fundamental para nossa sociedade".
 
Magal, que também é músico, falou da importância do profissional da música. "Eu tenho 32 anos que toco e canto, principalmente em igrejas e eventos. Sou da época dos anos 60, por isso, meu repertório é mais voltado para os ritmos dessa década. A música faz um bem ao nosso coração, trazendo qualidade de vida para quem canta e toca. Infelizmente, o músico é ainda um profissional que não é muito valorizado. Observamos isso durante alguns eventos realizados em nosso estado, quando músicos de outros locais são melhores remunerados", disse o parlamentar.

O Dia dos Leigos, comemorado no último dia 21/11, dia em que a Igreja celebrou o Cristo Rei, também foi destcado pelo vereador petista. "Essas pessoas que doam um pouco de seu tempo a serviço da Igreja e do povo de Deus, assumindo a vocação de atuar profissionalmente com ética. Assumem uma vocação missionária, dedicando-se muitas vezes solitariamente ao outro mais necessitado. Enfim, leigos e leigas assumem o grande desafio de serem pedras vivas da Igreja, trabalhadores do reino que Cristo Rei vem implementar", disse Magal.

CMA: Emmanuel diz que atual legislatura tem competência de analisar PD


O presidente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), Emmanuel Nascimento (PT), iniciou seu discurso lembrando da entrega na última sexta-feira, 19/11,  da revisão do Plano Diretor (PD) da cidade de Aracaju feita pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B). De acordo com o parlamentar, em 2000, a Casa teve a competência de analisar o Plano Diretor, da mesma forma que a atual legislatura terá para avaliar a revisão. 
 
 Emmanuel disse ainda que o plano está dividido em cinco partes: Lei de Desenvolvimento Urbano e Ambiental e os códigos complementares de Obras, Parcelamento e Uso do Solo, Ambiental e de Postura. "Temos que fazer um plano diretor que represente o conjunto da sociedade", afirmou. O vereador completou que essa análise e discussão do documento só será feita  a partir do próximo ano, quando a nova mesa diretora da CMA for composta. Segundo Nascimento, enquanto isso, irá passar para todos os vereadors cópias do plano que chegou para ser estudado. 
 
"Eu quero agradecer ao prefeito por ter cumprido a lei, apesar de demorar um pouco. Vamos analisar artigo por artigo e ouvir a população através de audiências públicas. Essa legislatura ficará marcada como a legislatura que revisou o plano diretor da capital sergipana", afirmou.

sábado, 20 de novembro de 2010

Você sabe o que é CPMF?


A Contribuição Provisória sobre a Movimentação ou Transmissão de Valores e de Créditos e Direitos de Natureza Financeira (CPMF) é um tributo brasileiro. Sua esfera de aplicação é federal. Atualmente sua alíquota é de 0,38%.(Alíquota da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira – CPMF. Página visitada em 11 de abril de 2007)

História


Ela substituiu o Imposto Provisório sobre Movimentação Financeira (IPMF), criado em 13 de julho de 1993 e que vigorou de 1 de janeiro de 1994 até 31 de dezembro de 1994. O IPMF tinha uma alíquota de 0,25%, que incidia sobre o débitos lançados sobre as contas mantidas pelas instituições financeiras.

A CPMF passou a vigorar em 23 de janeiro de 1997, baseado na edição da Lei nº 9.311, de 24 de outubro de 1996. A contribuição foi extinta em 23 de janeiro de 1999, tendo sido substituida pela IOF até seu reestabelecimento em 17 de junho de 1999. Sua alíquota, que era originalmente de 0,20%, foi elevada na época de seu restabelecimento para 0,38% e posteriormente abaixada para 0,30% em 17 de junho de 2000 e novamente para 0,38% em 19 de março de 2001. A contribuição deve vigorar até 2007.

Originalmente destinada de maneira integral ao Fundo Nacional de Saúde, para financiamento das ações e serviços de saúde, é agora destinada também ao Fundo de Combate à Pobreza.


Funcionamento

Base de cálculo


Qualquer operação que represente circulação escritural ou física de moeda, e de que resulte ou não transferência da titularidade dos mesmos valores, créditos e direitos . Ex: o lançamento a débito, por instituição financeira, em contas correntes de depósito, em contas correntes de empréstimo, em contas de depósito de poupança, de depósito judicial, o lançamento a crédito, por instituição financeira, em contas correntes que apresentem saldo negativo, etc.


Período de pagamento


Inicialmente, o pagamento ou a retenção e o recolhimento da contribuição serão efetuados no mínimo uma vez por semana. A partir de março de 2006 a CPMF passou a ser cobrada somente três vezes por mês. O valor da CPMF acumulada é calculado a cada dez dias, e cobrada dois dias depois (Folha de S. Paulo. Fazenda amplia prazo, e CPMF será debitada a cada dez dias)


Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/CPMF
 

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Comunicado: Cancelado Movimento #CPMFNÃO

CANCELADO MOVIMENTO #CPMFNÃO EM ARACAJU.A EMSURB NÃO AUTORIZOU O ATO. SEGUEM TODOS OS DETALHES:

A mobilização em Sergipe contra a volta da CPMF, começou em 12/11, ou seja, há 7 dias.O local escolhido pela coordenação local, @sergiacris_ e , foi a praça Fausto Cardoso, centro da Cidade. Encaminhamos o ofício à Emsurb, orgão da Prefeitura, informando endereço e data, o que é o normal, para não haver riscos de terem duas manifestações no mesmo local. Fomos muito bem recebidas pela assessoria de comunicação, que nos encaminhou para a Chefe de Gabinete. O que ouvimos dela: Eventos na Praça Fausto Cardoso, recém-reformada?! Impossível!
Então mudemos o local!
Impossível. Só com 15 dias de antecedência!
Ou seja, o que era para ser apenas um comunicado da realização de um evento onde utilizaríamos apenas uma mesa para colher assinaturas e distribuir panfletos e um carro de som, ganhou proporções de show. Virou "risco" para a praça recém-reformada.
Continuaremos a mobilização na internet amanhã e já estamos remarcando nova data para um evento aqui.
Lamentamos muito. Agradecemos à todos que divulgaram, se mobilizaram, se preparam para o evento de amanhã. 

BellaMafia: Sílvio Santos anuncia plano emergencial para reabastecer postos e garantir exames em 30 dias

"Tenho convicção de que meu papel é de unir todos que têm interesse em resgatar a qualidade dos serviços de Saúde. Sei da dedicação e do comprometimento dos servidores. Mas, os serviços de saúde pública precisam muito mais do que de profissionalismo. É preciso que o profissional de saúde tenha um olhar de atenção porque, muitas vezes, essa atenção vale muito mais do que um remédio". O apelo foi feito por Sílvio Santos (PT), vice-prefeito de Aracaju e atual secretário municipal da Saúde, durante a 3ª edição do NósnoCabaré.comconvidados - encontro de jornalistas - realizado na noite da quinta-feira, 18 de novembro, no bar Templo Gelado, localizado à Av.: Joventina Alves, nº 195.

"Um vice-prefeito, com força ou sem força, é sempre lembrado para suceder o prefeito. Mas, por ser político, não posso me negar a correr o risco. Quem disse que político não pode correr risco? Político ou técnico, é fundamental resgatar o ambiente de desenvolvimento do projeto", reagiu o petista, ao ser provocado por um jornalista sobre o desafio de administrar a problemática Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e uma suposta condição de pré-candidatura à sucessão de Edvaldo Nogueira (PCdoB), na Prefeitura de Aracaju, no pleito eleitoral de 2012.

"Esse (SMS) foi um projeto que deu certo e muitos dos seus programas serviram de referência para o Ministério da Saúde, a exemplo do SAMU de Aracaju", comenta o secretário, embora admita que a partir de 2007, "com a transição brusca da equipe de Marcelo Déda da Prefeitura Municipal de Aracaju para o Governo do Estado, houve mudanças na equipe que provocaram a descontinuidade no planejamento da Saúde e impôs perda da qualidade dos serviços. Foi uma falha nossa", reconheceu.

Emergencial

Sob o testemunho dos jornalistas, Sílvio Santos negou um suposto rombo de R$ 38 milhões na Saúde e estabeleceu prazo de 30 dias para dar resolutividade, de forma emergencial, às principais reclamações dos usuários dos Postos de Saúde e Postos de Pronto Atendimento 24h, garantindo o reabastecimento de medicamentos da atenção básica, utensílios de uso contínuo, descartáveis, e agilização de resultados de exames laboratoriais. "Estou estabelecendo este prazo porque já tomamos as medidas emergenciais que irão garantir esse resultado", informou o secretário, empossado no cargo no último dia 12 de novembro.

Embora garanta ter iniciado as medidas emergenciais, Sílvio Santos reconhece necessitar de um prazo mais elástico pra resolver a carência de profissionais especialistas na rede de saúde da capital. "Esse é um fator mais complexo por não depender exclusivamente do gestor", argumentou.

SUS

Sílvio também contesta o estado de caos, justificando que, entre os anos de 2000 e 2006, gestão de Marcelo Déda (PT), a rede municipal de saúde viveu um período de avanço considerável com a ampliação da rede, dos serviços e o crescimento do número de usuários, que em 2010 já atinge a marca de 2 milhões de cartões do SUS, penalizando a população aracajuana que ainda se aproxima de 600 mil habitantes. Segundo secretário, para o ano de 2011, a SMS agiliza a realização de um processo de identificação e recadastramento de usuários.

"A filosofia do SUS é de que todos os municípios realizem a municipalização plena. Em Sergipe, somente Aracaju, Nossa Senhora do Socorro e Lagarto, fazem isso, obrigando que façamos a assistência dessas pessoas que chegam das cidades na busca do atendimento médico. Não queremos discriminar ninguém. Vamos continuar atendendo a todos", explicou Santos, reclamando problemas no financiamento da saúde e a pouca participação da União na receita.

Ele também argumenta que a saúde foi golpeada, a partir de 2008, quando o mundo viveu uma crise financeira, que exigiu do Governo Federal contingenciamento de recursos, impondo perdas no FPM - Fundo de Participação dos Municípios; além da extinção da CPMF - Contribuição Por Movimentação Financeira, criada para subsidiar os serviços de saúde no país. Ainda assim, Sílvio Santos se declarou contrário à recriação da CPMF, dizendo ser necessário buscar uma nova alternativa.

Pediatria

Segundo Sílvio, a extinção da CMPF e a queda do FPM, a partir de 2008, foram decisivos para o não cumprimento da principal promessa de campanha de Edvaldo Nogueira em 2008: a construção do hospital pediátrico de Aracaju. "Como alternativa, decidimos pela ampliação dos serviços de pediatria no Hospital Fernando Franco, que vem atendendo satisfatoriamente à população. Tememos que, agora, com a crise da pediatria na rede privada esses serviços fiquem comprometidos em decorrência do novo escalonamento e da precarização da rede", ressaltou.

Transferência do SAMU

Sílvio Santos também admite uma perda considerável da qualidade dos serviços do SAMU, reconhece o sucateamento da frota e revela que a PMA estuda, observando orientações do Ministério da Saúde, a descentralização e transferência da titularidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Aracaju para o Estado, tendo como proposta à integração do SAMU ao CIOSP - Centro Integrado de Operações de Segurança Pública.

Servidores

O secretário informa que a descentralização e transferência do SAMU de Aracaju pra o Estado já se encontra em estudos e que os servidores municipais não sofrerão qualquer perda em decorrência dessa transação. Ele assegura que todas as consequências decorrentes desta transferência já estão postas à mesa em diálogo com os sindicatos das categorias da saúde.

E Sílvio Santos aposta na sua experiência sindical para ajudar a manter um relacionamento harmonioso com os quase 5 mil servidores da SMS. "Mesmo sendo de esquerda, muita gente tem medo dos movimentos sociais. Eu não tenho medo porque acredito nisso", disse, ao informar que desde que assumiu o cargo tem se empenhado em abrir o diálogo com as categorias profissionais da SMS.

"Os governos conservadores têm como filosofia não atenderem reivindicações dos sindicatos, ainda que haja margem para fazê-lo, com o simples objetivo de manter a distância. Nós temos o hábito de manter o diálogo aberto e de forma transparente, assumindo o que é possível e mostrando o porquê do não atendimento do que não for possível", garantiu o petista.

CMA

Sobre as críticas frequentes aos problemas no serviços de saúde, Sílvio Santos comemorou o fato de sua indicação ter tido boa aceitação e recebido até a solidariedade de integrantes da oposição, como dos vereadores Josenito Vitalle e Juvêncio Oliveira, ambos integrantes do Democratas. "A política é o espaço para combater o bom combate. Na minha formação de sindicalista, a filosofia é de transigir com o debate, ser combativo com o adversário, mas levar o conflito no limite do respeito. Por isso mesmo, não tenho inimigos na política", concluiu Sílvio, comprometendo-se com o vereador Fábio Mitidieri (PSDB) a aceitar convite para apresentar dados sobre a SMS em sessão especial, na Câmara Municipal de Aracaju, visto que, vários requerimentos convidando e/ou convocando o ex-secretário Antônio Samarone foram barrados pela bancada do prefeito no legislativo municipal.

O líder da oposição na Assembléia Legislativa de Sergipe, Deputado Venâncio Fonseca (PP), também comemorou a presença do secretário no NósnoCabaré.comConvidados, alegando que o legislativo estadual também não viabilizou o debate sobre saúde pública no plenário da Alese. 
Fonte: Bella Máfia (bellamafia.blogspot.com)

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Saúde Pública é pauta do 3º NósnoCabaré.comconvidados

Superar insatisfação e promover resolutividade  ( Foto Maria Odília - JC)

Na próxima quinta-feira, 18 de novembro, o 3º NósnoCabaré.comconvidados submeterá Silvio Santos, secretário da Saúde de Aracaju, a uma verdadeira sabatina sobre os problemas da saúde pública na capital. Ainda, aguardando confirmação da presença da promotora da Saúde, Eusa Missano.

Vice-prefeito da capital, Sílvio Santos foi empossado no cargo de secretário da Saúde, na sexta-feira, 12 de novembro, com o objetivo de "apagar o incêndio na SES", decorrente da renúncia do médico sanitarista, Antônio Samarone, que justificou o ato, alegando não ter saúde para enfrentar os problemas e uma suposta crise na pasta.

Dentre os problemas a serem enfrentados pelo novo secretário, reclamação de atendimento precário nos postos de saúde, a falta de medicamentos, sucateamento do SAMU municipal, demora no agendamento de consultas e exames, conflito entre as categorias e a carência de profissionais médicos. 

O 3º NósnoCabaré.comconvidados acontece na quinta-feira, 18 de novembro, a partir das 19h30, no bar Templo Gelado, localizado à Avenida Joventina Alves, nº 195. Próximo à Pça da Imprensa, no bairro São José.

Os jornalistas Chico Freire, Eliz Moura e Ferreira Filho, produtores do evento, convidam a todos, informando-os de que o evento é aberto, a consumação é pessoal e a participação no debate é franqueada, mediante inscrição.

Para mais informações acesse:
www.bellamafia.org

CMA: Câmara pretende pagar salário e 13º até sexta

O presidente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), Emmanuel Nascimento (PT), está conversando com o secretário Municipal de Finanças, Jeferson Passos, para tentar adiantar o salário referente ao mês de novembro, pago sempre no dia 20 pela atual gestão, nesta sexta-feira, 19/11, e a segunda parcela do 13º salário, cujo prazo para pagamento termina no dia 20 de dezembro.

A intenção do líder parlamentar é repetir o mesmo compromisso firmado no ano passado, quando servidores e comissionados da Casa Legislativa, além dos assessores de vereadores, foram beneficiados com o adiantamento graças a reserva de fundo feita. Este ano, a primeira parcela do 13º salário já foi liberada no dia 22 de junho.
Para Emmanuel, cumprir esse direito previsto em lei, é uma preocupação dele e dos demais parlamentares,  para valorizar e estimular todos que trabalham pelo Poder Legislativo Municipal. Mas como o repasse depende da Secretaria Municipal de Finanças, o presidente da Câmara torce para que o pedido seja aprovado.

CMA: Magal diz que administração de Emmanuel é para todos


O vereador Magal da Pastoral (PT) falou nesta quarta-feira, 17/11, sobre a disputa à presidência e mesa diretora da Câmara Municipal de Aracaju (CMA). Ele considerou salutar que quem fez um bom trabalho como Emmanuel Nascimento (PT) queira tentar a reeleição. 

"Quem está exercendo o poder está no direito de requerer a reeleição. Emmanuel Nascimento é candidato natural e deve ter a chance de mostrar que e ainda pode fazer muito mais por esta Casa", opinou o parlamentar, completando que em tese, quem já está no cargo tem mais chances de se eleger. "Emmanuel tem feito aqui uma administração voltada para todos os vereadores, com tratamento igual para todos, tem atendido os servidores e dado visibilidade a esta Casa e seu integrantes".

Magal disse ainda que ninguém faz oposição à reeleição dos vereadores, mas criticaram a reeleição da Mesa Diretora da Câmara. "Esse é um assuntos que precisa ser bem analisado. Se o presidente e os demais membros da Mesa não puderem ser candidatos à reeleição, já pensou se do mesmo jeito os vereadores não puderem ser reeleitos?", indagou o parlamentar.
Outro assunto abordado por Magal da Pastoral foi a inauguração da Orla Por do Sol, no Mosqueiro, na última sexta-feira, 12/11, onde parabenizou o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) pela obra. "A Orla está sendo bem frequentada e bem cuidada. Ela irá atrair vários turistas, pois é um belo lugar para assistir o sol se pondo", ressaltou.

CMA: Robson Viana justifica licença médica apresentada a Câmara


O vereador Robson Viana (PT) ocupou a tribuna nesta quarta-feira, 17/11, para falar de sua licença de 25 dias na Câmara Municipal de Aracaju (CMA). "Tenho acompanhado a imprensa e esse foi um assunto muito falado", comentou Robson, ao reportar que dentre as especulações feitas pela imprensa local, foi publicado que ele tinha se afastado para cuidar de assuntos políticos depois da sua campanha. "Isso não é verdade. Fui cuidar de minha saúde", respondeu. 
 
Robson disse ainda que em 15 dias da licença já estava recuperado de um dor lombar, mas o regimento da CMA não o permitiu voltar antes do tempo. "Do jeito que falaram parecia que eu tinha abandonando o parlamento. Fiquei triste, mas eu sei que tudo isso é porque vou ser candidato a presidente", afirmou.
 
Sobre o fato de terem, além dele, outros quatro candidatos a presidência da Câmara, o vereador disse que é importante a disputa ser transparente. "Qualquer vereador tem legitimidade para administrar essa Casa, mas é necessário existir rotatividade do poder", opinou. 
 
Em aparte, os vereadores Fábio Mitidieri (PDT), Valdir Santos (PT do B) e Gonzaga (PMDB) parabenizaram Robson Viana por ter ido a tribuna para falar sobre sua licença e não desistir da sua candidatura. Já Ivaldo José (PDT) falou com relação à reeleições na Casa que é preciso ter cautela ao tratar desse assunto. 
 
Por fim, Robson disse que estará em Brasília na próxima semana para captar recursos para o bloco de rua Rasgadinho no próximo carnaval.

CMA: Jailton Santana fala sobre descentralização do SAMU municipal


O vereador Jailton Santana (PSC) ocupou a tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) nesta quarta-feira, 17/11, para sugerir ao secretário Municipal de Saúde, Silvio Santos, a descentralização do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) na capital. Na opinião do parlamentar a demora para a prestação do serviço deve-se ao fato de somente existir uma unidade central, localizada no bairro Siqueira Campos.
Para reforçar sua sugestão, Jailton contou o episódio em que uma senhora passou mal próximo ao shopping RioMar e necessitou chamar o SAMU para socorrê-la, mas só após 45 minutos foi que a unidade chegou ao local para prestar o socorro. "Ela teve princípio de infarto e a demora para a chegada do atendimento poderia ter ocasionado algo pior. Reconheço que em horário de pico o congestionamento piora, mas algo deve ser feito para que a unidade chegue ao local em tempo hábil", ressaltou.
Na opinião do parlamentar, os problemas relacionados ao SAMU municipal tornam-se ainda mais visíveis aos finais de semana, ao qual julga ter mais movimentação de veículos. "Diante dos fatores apontados é que apresento a proposta para descentralizar o atendimento. Poderíamos deixar uma unidade central no Siqueira e mais duas nos Hospitais Nestor Piva e Fernando Franco, podendo desta forma está tanto na Zona Norte quanto na Zona Sul", reforçou.
Jailton disse ainda que, ao receber o pedido de socorro a central do SAMU poderia encaminhar a ligação para a unidade mais próxima de onde o atendimento fosse solicitado. "A comunicação seria rápida, já existem aparelhos modernos e creio que esta idéia possa ser aplicada", considerou.
No aparte, o vereador Juvêncio Oliveira (DEM) falou que no início o SAMU era considerado uma referência nacional e que atualmente o serviço declinou consideravelmente. "Por tudo que foi pregado na sua implantação, o SAMU deveria estender o tapete vermelho e chegar a tempo de atender as pessoas necessitadas, infelizmente, por questões administrativas a qualidade do serviço caiu e a população é quem sofre as consequências", indagou.
Já no entendimento do vereador Josenito Vitale (DEM), o Nitinho, antes de fazer a descentralização do atendimento deve ser feita a melhora da estrutura das unidades. "O grande problema é o sucateamento, falta de equipamentos e material de urgência. Antes de promover a descentralização devemos garantir a qualidade na estrutura física", salientou.

CMA: Dr. Emerson representa a CMA em Fórum de erradicação do trabalho infantil

O vereador Dr. Emerson Ferreira (PT) representou a Câmara Municipal de Aracaju (CMA) no Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Trabalhador Adolescente de Sergipe. O evento aconteceu na manhã desta quarta-feira, 17/11, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Sergipe (OAB/SE), com a temática 'Prevenir e combater o trabalho infantil é responsabilidade de todos nós'.
De acordo com Dr. Emerson, presidente da Comissão de Direitos Humanos da CMA, o fórum é a primeira atividade depois da sua reativação. “O objetivo é mobilizar todos os agentes públicos, a população e em particular os adolescentes, para a discussão sobre o trabalho infantil, enquanto inclusão social e seus aspectos legais”.
A programação iniciou com a palestra da assessora da Coordenadoria da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de Sergipe, Josevanda Mendonça Franco, que falou sobre a “Cultura do trabalho infantil e a trajetória do Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil em Sergipe”. Já o “Panorama nacional do enfrentamento ao trabalho infantil” foi apresentado pela secretária executiva do Fórum Nacional de Erradicação do Trabalho Infantil, Isa de Oliveira.
O professor Marcelo Ferrari, da Universidade Federal de Sergipe (UFS), apresentou os impactos psicológicos e seus reflexos na vida de trabalhadores infantis. O fórum foi encerrado após um debate entre os palestrantes e convidados presentes no auditório da OAB.
Presenças
Além de Dr. Emerson, estiveram presentes o presidente do Conselho Estadual da Criança e do Adolescente, Denival Falcão; o superintendente regional do Ministério do Trabalho, Celuta Moraes Kraus; a procuradora do Ministério Público Estadual, Dra. Conceição Figueiredo além de outros convidados e público participante.

Arquivo do blog